Páginas

terça-feira, 1 de junho de 2010

Dia de Vacina contra Influenza H1N1

Hoje eu levei o Gabrielzinho para tomar a Vacina H1N1, pois amanhã será o último dia da Campanha. Ele fez um escândalo danado e precisou de três pessoas para segurar ele... O danadinho tem uma força!
No dia 22 ele tem que voltar para tomar a segunda dose... Vai ser outro escândalo!
Hoje está muito frio. Uma garoa gelada... Não gosto de tempo assim, ainda mais com esse negócio dessa gripe A.
Amanhã, é sexta-feira pra mim e para o Marcelo, feriado prolongado... Que bom... Não vamos viajar. Vamos ficar em casa mesmo, descansando e curtindo o Gabriel... Não temos nada programado para fazer... Tenho que terminar uma retrospectiva e começar a fazer a retro do Gabrielzinho. Vamos ver o que vai dar pra fazer...

Sei que todos já estão cansados de ouvir de gripe Suína, mas informação nunca é demais.

A Influenza A H1N1 (comumente conhecida como Gripe Suína) é uma gripe pandêmica que atualmente está acometendo a população de inúmeros países. A doença é causada pelo vírus influenza A H1N1, o qual representa o rearranjo quádruplo de cepas de influenza (02 suínas, 01 aviária e 01 humana).
A gripe foi inicialmente detectada no México no final de março de 2009 e desde então se alastrou por diversos países. Desde junho de 2009 a OMS elevou o nível de alerta de pandemia para fase 06, indicando ampla transmissão em pelo menos 02 continentes.
Os sinais e sintomas da gripe suína são semelhantes aos da gripe comum, tais como febre, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dor na garganta e fraqueza. Entretanto, diferentemente da gripe comum, ela costuma apresentar complicações em pessoas jovens.

Fonte: Wikipedia


Um comentário:

Ministério da saúde disse...

Claudia,

obrigado por nos ajudar a divulgar informações sobre o vírus Influenza A (H1N1) É importante que as pessoas saibam que, apesar da prorrogação em alguns municípios, a campanha de vacinação terminou no dia 02 de junho. Além disso, vale ressaltar que a vacinação desses grupos prioritários pode diminuir a circulação do vírus, aliadas com as medidas de prevenção.

Hábitos simples de higiene podem ser igualmente eficazes à vacina, como lavar as mãos regularmente; evitar tocar boca, nariz e olhos; cobrir boca e nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar; e não compartilhar objetos de uso pessoal se estiver com sintoma de gripe.

Para mais informações:
comunicacao@saude.gov.br ou http://www.formspring.me/minsaude